Início Educação Votos no bolso in Observador

Votos no bolso in Observador

131
0

Durante anos eu ouvi o maior Sindicato de Professores  a dizer:

 

  • Colegas a direita congelou  a  carreira dos Professores.

 

Eu ouvi muitas vezes incrédula, os Professores a dizerem:

 

  •  Quem congelou a carreira dos Professores  foi o PSD.

 Vários milhares de Professores acreditavam nesta informação. O PSD não congelou a carreira dos Professores.

 

Esta questão é uma questão de posicionamento, a direita do Partido Comunista Português  e do Bloco de Esquerda  é o Partido Socialista , mas a direita para os Professores é o Partido Social Democrata e Aliança Democrática.

 

Nos últimos dois anos o Mundo mudou e o Sindicalismo mudou.

 

Os Sindicatos “donos” de vários milhares de votos, já não conseguem angariar os tais votos. 

 

Os Professores já sabem quem congelou a carreira dos Professores, o PS , os Professores já sabem quem implementou a PACC, o PSD , os Professores  já sabem quem fez e o que fez.

 

Os Professores já sabem, não porque leram os milhares de  decretos-lei  mas sim porque as redes sociais, jornais digitais e blogs  também permitem divulgar a informação, dar a  conhecer  se a informação é  falsa ou não.

 

Os “donos dos votos”  dos Professores já não tem o poder que tinham, surgiram novos sindicatos que vieram baralhar as contas.

 

Com uma nova força política no jogo, as contas também  ficam baralhadas. 

 

Nos programas eleitorais existem múltiplas promessas, mas a recuperação  do tempo de serviço docente é uma promessa comum. 

 

Nesta eleição, sem o impacto dos “ donos dos votos”,  os resultados eleitorais são inesperados, o PS e o PSD estão empatados, por mais sondagens que sejam publicadas, julgo que será um cenário inesperado. 

 

Além de dois grandes partidos irem a jogo, existe um partido de proporção média, um partido recente, e cinco outros partidos pequenos.

 

Os partidos pequenos podem crescer ou morrer depende dos atores, das lideranças e das propostas eleitorais. 

 

Os cinco partidos mais pequenos, com menos de oito deputados, terão a responsabilidade de viabilizar o próximo governo e são fundamentais para a manutenção da democracia.

 

Em conclusão, na minha opinião estas eleições são as mais importantes após o 25 de Abril, e todos devemos votar, porque quem não luta pelo que quer, aceita o que vier. 

https://observador.pt/opiniao/votos-no-bolso/