Início Educação Super Nanny? Vamos lá falar de coisas sérias!

Super Nanny? Vamos lá falar de coisas sérias!

530
4

Existe em Portugal uma lacuna gravíssima na educação parental, ou seja, o programa mostra a lacuna que existe ao nível da formação de pais e da informação dada aos pais. Não tenho dúvidas que a maior parte dos pais precise de ajuda e que ninguém lhes esteja a dar essa mesma ajuda.

Esta lacuna tem tido repercussões graves na comunidade escolar, onde os atos de insdisciplina, desrespeito, violência e bullyng têm aumentado consideravelmente. Porquê?

Porque quem educa, quem deve impor as regras, a disciplina, as rotinas, o respeito e a obediência ao adulto não o está a conseguir fazer, muitas vezes porque não sabe, não tem ajuda para isso, outras simplesmente porque se demite de tal, com estes últimos é que a CPCJ devia estar preocupada!

Mas a pergunta deve ser: Qual a oferta para formação de pais em Portugal?

A mãe do primeiro programa mostrou ser uma mãe em desespero total, completamente desamparada sem saber como educar a filha e sem quem a ajudasse! Isto é preocupante…Acho que devemos pensar bem antes de criticar a mãe que, em último recurso, quis ajuda para educar.

Claro que não posso deixar de dizer que considero que o formato do programa não é perfeito, e ao nível da exposição valeria a pena ser revisto e ponderado, mas acho que podíamos olhar para o lado “sério” do programa.
Sugestões:
As câmaras deviam ser ocultas.
As caras das crianças poderiam ser distorcidas/desfocadas.
A SuperNanny não intervinha em “direto”.
A presença da SuperNanny altera habitat podendo provocar aumento de “birras”, logo é desnecessária.
E muitas outras haverá…

4 COMENTÁRIOS

  1. Vergonha a SIC fazer um debate, quando na verdade é um auto elogio ao programa, sem ter em conta os direitos e a protecção da criança na sua intimidade e devassa da vida particular e familiar.

  2. este canal está uma vergonha a culpa é do povo que perde tempo a ver estas porcarias isto é indecente

  3. Lamento profundamente que a SIC esteja a cair para o fundo do esgoto em matéria de programação. Fazer um programa a expor crianças ( que ainda não têm vontade própria e por isso não se podem defender da estupidez dos adultos), é algo que está ao nível das adoções da IURD! Defendem os produtores: “este programa já foi feito lá fora e teve grandes audiências!” Pois, essa mania de que tudo o que vem lá de fora é bom, é no mínimo estúpida! Há muita coisinha ruim que nunca devia entrar! E quanto a audiências, isso também não quer dizer que o programa seja bom. Experimentem pôr decapitações do daesh em direto e verão que elas batem no topo! Também porque esta maltinha atrasadinha e sádica papa tudo! Uma palavrinha também para os paizinhos que, A TROCO DE 1000 euros (avaliam por muito pouco os vossos filhos, digo eu!), VENDEM autenticamente a privacidade de uma criança, expondo-a ao ridículo! VENDER a privacidade do corpo humano por dinheiro? Há um nome muito feio, direi eu, para qualificar gente dessa: chama-se “prostituir!” Se eu fosse filho desta gentinha garanto que quando fizesse 18 anos, a primeira coisa era arranjar um advogado e processar os meus pais! Pergunto aos atrasados mentais dos paizinhos que aceitaram 1000 euritos (certamente para pagar uma prestaçãozita em atraso e comprar o último grito de telemóvel ), o que farão a seguir cada vez que a criança tiver problemas QUE APENAS DEVERIAM SER RESOLVIDOS COM AMOR DOS PAIS?? VÃO A CORRER CHAMAR A SUPER NANNY OUTRA VEZ?? EPA, NÃO TINHAM TEMPO, PACIENCIA NEM JEITO PARA EDUCAR, NÃO OS TIVESSEM, PORRA! Só são pais para os fazer!!
    Para terminar uma palavrinha para a Júlia Pinheiro (por quem até tinha alguma estima, mas que a partir de agora colocarei no caixote de lixo onde guardo gentalha como a Teresa Guilherme e outras pragas. A Senhora Dona Júlia Pinheiro lembra-se destas palavras que escreveu insurgindo-se (e muito bem) contra aquilo que qualificava de “ABUTRES DA COMUNICAÇÃO SOCIAL”?? LEMBRA-SE??… Não, pois não! O dinheirinho faz milagres e também as pessoas apagarem na memória o que não lhes interessa. Mas o problema é que as pessoas ficam reféns do que falam ou escrevem. Mas não se preocupe, Dona Júlia Pinheiro, eu vou-lhe aqui relembrar as suas palavras para que todos tirem as suas conclusões. Então dizia assim a Dona Júlia Pinheiro contra esses tais “abutres da comunicação social que estavam a ganhar dinheiro à custa de uma situação complicada da sua vida privada:
    “ SOU MÃE E É NESSA CONDIÇÃO QUE VOS ESCREVO. A SAÚDE E A FELICIDADE DOS NOSSOS FILHOS, ESTÁ SEMPRE EM PRIMEIRO LUGAR. PERANTE A FRAGILIDADE E A VULNERABILIDADE DOS NOSSOS MAIORES TESOUROS, A DOR É MAIOR E É COMUM, SEJA QUAL FOR A NOSSA PROFISSÃO OU O NOSSO NOME. POR ISSO, DAQUI PEÇO AOS JORNALISTAS, DIRETORES DE REVISTAS E AFINS, QUE ME ESTEJAM A LER, TENHAM DECORO. RESPEITEM A INTIMIDADE DE ALGUÉM QUE NÃO É FIGURA PÚBLICA! RESPEITEM A PRIVACIDADE DE UMA FAMÍLIA, PORRA! UMA FAMÍLIA COMO A VOSSA! HÁ LIMITES PARA A SEDE DE VENDER! NÃO PODE VALER TUDO!” (Júlia Pinheiro)
    ….pooooooois não…. Dona Júlia Pinheiro! Pois não! Desde que seja com os outros, não é?

  4. Olá bom dia, certamente que as pessoas não gostaram de ver as famílias expostas no programa, é verdade .
    Não amostrem as famílias, ponto.
    Agora que entendo que deve haver um programa para ajudar as famílias, isso sim.
    Antes de tirarem as crianças as famílias, ajudem como educar. estou errada????
    Muitas das vezes acredito que as crianças sejam muito más(lembrem-se do que deu nos canais portugueses a baterem nos colegas) porque não tiveram quem as ajudassem, estou errada??????? isto é certa???????
    Já se vê os filhos a maltratar os pais, avós, etc, estou errada, se estou errada peço desculpa.
    Será que não tendo ajuda, as nossas crianças de hoje vão ser bons homens e mulheres, pais e mães a manhã.

    Pensem um pouco, em tudo (no geral) para que não nos arrependemos a manhã.

    Tentem melhorar como transmitir o programa.

    Vejam os filmes, como desenhos animados que passam nas tvs , muitos deles com violéncia no meu entender também não ajuda nada. passem de noite, bém tarde, seria uma boa ajuda para o publico. Estarei errada????????
    Obrigada pelo tempo que perderam a ler este meu desabafo e opinião.

Comments are closed.