Início Editorial Somos Todos…O Quê? Racistas?

Somos Todos…O Quê? Racistas?

958
2

O que se passou no domingo em Guimarães é condenável, vergonhoso e os autores devem ser punidos em conformidade com os seus atos, que não haja dúvidas disso!

No entanto, quero aqui refletir.

Sempre que há alguém que é vítima de qualquer “crime” nós somos essa vítima!

Mas nem sempre é assim!

Porque será que só somos alguém às vezes?

Para mim não é mais do que hipocrisia social pura e dura! Depois do que se passou em Guimarães vimos, e bem, uma onde gigante de solidariedade de toda a sociedade e classe política, falaram todos, todos se indignaram, aliás todos fizeram questão de mostrar tal indignação pubicamente.

Mas fizeram questão de mostrar essa indignação, por que razão?

Porque estamos perante um crime, racismo, que fica “bem” não deixar passar em branco. Fica “bem” passar a mensagem às massas de que devemos estar contra, de que devemos condenar tais atos, mesmo que na realidade não passe disso mesmo, uma mensagem, vazia de vontade de agir! Mas fica bem! E como fica bem todos os políticos fizeram questão de dar o seu contributo para fazer crer que a Sociedade Civil Portuguesa é racista estruturalmente e, francamente, não me parece que assim seja!

Não consigo perceber porque em outros “crimes” não se levantam tantas vozes nem tantas mensagens de somos todos…,somos todos professores, que são agredidos diariamente nas escolas, somos todos médicos, somos todos enfermeiros, somos todos polícias.

Nestas situações o silêncio é a opção dos mesmos que agora se indignam! Ficarão estes senhores indignados com tais atos?

A coragem do Marega em ter-se recusado continuar em jogo, depois de ser humilhado, é de louvar, mas gostava de perguntar o seguinte:

E se todos os profissionais abandonarem os locais de trabalho assim que sejam insultados?

Um professor sempre que é insultado ou agredido, abandona a sala ou mesmo a escola!

Um polícia abandona a esquadra ou o local do incidente sempre que for insultado!

Um médico deixa o gabinete!

Um enfermeiro recusa-se a trabalhar ao primeiro insulto!

Todos estes atos seriam bem ou mal vistos socialmente?

O que se passou em Guimarães é condenável, mas não mais condenável que qualquer outro crime de ofensa pessoal…

Temos de evoluir para que consigamos aceitar a diferença e conseguirmos tratar todos da mesma forma, mas temos de evoluir e deixarmos de ser hipócritas e apenas nos indignarmos publicamente em determinados casos, aqueles que ficam bem.

Não posso aceitar que em tantas áreas da nossa sociedade a violência, a agressão gratuita e constante seja considerada residual e como consequência um problema menor sem direito a tempo de antena, quando perante uma situação, essa sim residual, se levantem todos os palradores do reino!

Somos todos…o quê…hipócritas? Racistas? Oportunistas?

Temos de ser por todos, todos os dias, só assim conseguiremos erradicar os males sociais, violência gratuita servida de impunidade, racismo gratuito servido de impunidade e por aí fora…

Alberto Veronesi

2 COMENTÁRIOS

  1. Completamente de acordo… Atenção vejam as imagens o senhor Marega bate no braço significa meter para a veia. Faz poderes. Enfim um menino de coro…

Comments are closed.