Início Notícias Seis mil professores vão progredir para o 5.º e 7.º escalões

Seis mil professores vão progredir para o 5.º e 7.º escalões

1136
0

O jornal Público avança esta terça-feira que cerca de 25% dos professores que se encontram do 4.º e 6.º escalões da carreira docente vão progredir este ano para os patamares seguintes.

O Ministério da Educação indica que serão mais de seis mil docentes a progredir este ano para o 5.º e 7.º escalões, o que representa um aumento de 43% por comparação a 2019: cerca de 4.000 passarão do 4.º para o 5.º escalão e mais de dois mil subirão do 6.º para o 7.º.

Quando entram no 5.º escalão, os professores têm um aumento salarial de cerca de 80 euros mensais, ficando a ganhar um salário médio líquido de 1.415 euros. No caso do 7.º escalão, a subida remuneratória é de 180 euros mensais, para 1.575 euros.

A progressão para o 5.º e 7.º escalões será consagrada num despacho conjunto dos ministérios da Educação e das Finanças, que será publicado esta terça-feira em Diário da República.

O acesso a estes escalões está condicionado à abertura de vagas pelo Governo. Ainda assim, para os professores que tenham obtido classificações de Muito Bom ou Excelente na sua avaliação de desempenho a progressão é automática. Segundo o Público, a maioria dos professores que progride (cerca de 4.000) para estes escalões, este ano, obteve as notas duas notas máximas na avaliação.

O matutino avança ainda que serão abertas 1.852 vagas (852 para o 5.º escalão e 1.043 para o 7.º), sendo este o maior número de vagas desde o descongelamento das carreiras, em 2018.

Fonte: ZAP //