Início Educação “Problemas técnicos” obrigam Governo a adiar prazo de matrículas escolares

“Problemas técnicos” obrigam Governo a adiar prazo de matrículas escolares

11
0

https://sicnoticias.pt/pais/2024-07-10-problemas-tecnicos-obrigam-governo-a-adiar-prazo-de-matriculas-escolares-9060930e

O Ministério da Educação pede desculpa pelo “incómodo e a perturbação” causados aos pais e encarregados de educação, assim como às escolas. As matrículas do 2.º ao 5.º anos poderão ser feitas até à próxima sexta-feira.

O prazo para a renovação das matrículas dos alunos do 2.º ao 5.º anos foi, mais uma vez, prolongado. Problemas técnicos obrigaram a estender a data até esta sexta-feira, dia 12 de julho.

O anúncio foi feito, esta noite, pelo Ministério da Educação, Ciência e Inovação, através de um comunicado.

“Esta madrugada, ocorreram problemas técnicos num equipamento de refrigeração do centro de dados da Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN)”, lê-se na nota divulgada pela tutela.

“Por este motivo, equipamentos do Instituto de Gestão Financeira da Educação (IGeFE) ali instalados sofreram avarias, algumas das quais em equipamentos que garantem a autenticação de utilizadores, tal como acontece com o Portal das Matrículas”, é explicado.

O ministério reconhece que, “apesar dos esforços das equipas técnicas e dos fabricantes desses equipamentos”, não foi possível restabelecer o normal funcionamento do portal durante esta quarta-feira, que, de acordo com o prazo definido, seria o último dia para as matrículas dos alunos do 2.º ao 5.º anos.

“O Ministério da Educação, Ciência e Inovação decidiu prorrogar o prazo até dia 12 de julho, sexta-feira, a pedido do IGeFE e após garantia de que a situação está normalizada”, revela, então, a tutela.

No comunicado, o Governo diz lamentar “o incómodo e a perturbação causada aos pais e encarregados de educação, bem como aos estabelecimentos de ensino”.

O ministério garante que tenciona “robustecer os sistemas de informação, de forma a que as falhas que se têm registado não voltem a ocorrer” nas matrículas do próximo ano letivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.