Início Educação Plano de recuperação para políticos – Por Luís Costa

Plano de recuperação para políticos – Por Luís Costa

479
2

Gostaria de perguntar a todos os políticos ― mas em especial aos governantes da última década e, entre estes, particularmente aos que “andaram” com a pasta da Educação ― o que pensam fazer para recuperar tamanha taxa de insucesso: 70% de eleitores absolutamente desinteressados, desmotivados, alheados das eleições… em clara situação de abandono dessa nobre missão cívica.

Tal como têm dito aos professores ― e repetido, repetido, repetido, repetido…. ― não podem andar uma vida inteira a atirar para cima dos eleitores o ónus da abstenção. É preciso saber ― nós queremos saber, o povo português exige saber ― o que vão realmente mudar, para inverter objetivamente esta tendência? Vão ser mais sérios? Vão ser mais transparentes? Vão, realmente, defender mais as causas deste povo do que os interesses pessoais e partidários? Vão dar os lugares a quem está realmente preparado para os ocupar em vez de os distribuírem pelos boys ou por familiares e amigos? Vão apresentar e discutir propostas em vez de falarem mal uns dos outros nas campanhas eleitorais? Vão deixar de proteger os corruptos (deixar de tirar a quem trabalha para pagar os prejuízos causados pelos ladrões de colarinho branco)? And so on, and so on, and so on… E escusam de se escudar nos dados dos outros países, porque cada caso é um caso.

Vamos lá, senhores políticos, façam agora ― muito bem feito, de forma circunstanciada e com suficientes evidências ― o vosso plano de recuperação, ou PPCA (Plano Político de Combate à Abstenção), e definam, de forma clara, as metas que pretendem atingir já nas Legislativas de outubro e nas seguintes. Saibam dar o exemplo, adotando o que com tanta autoridade impõem aos “súbditos”. Sabem uma coisa? Também é preciso discutir, urgentemente e de forma muito séria, o vosso sistema de avaliação. Acho que o vosso salário também deveria estar indexado, entre outras referências, à taxa de abstenção.

Fonte: CronopioContumaz

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.