Início Educação Organização do próximo ano letivo – Afinal…

Organização do próximo ano letivo – Afinal…

2218
0

As Orientações para a organização do ano letivo 2020 2021 são tão pouco esclarecedoras que convém esclarecer algumas dúvidas que ainda possam ter.

As escolas vão poder funcionar das 8h às 20h para conseguirem albergar todos os alunos em turnos duplos.

Relativamente à polémica decisão de 1 metro de distanciamento sempre que possível, é certo que o “sempre que possível” aparece para que, não havendo espaço pois sabemos todos que não há, os alunos possam sentar-se em mesas duplas lado a lado, há autorização da tutela para isso. A alternativa é propor à DEGEsTE a passagem para o regime misto, mas este só pode ser requerido com o aval das autoridades de saúde. Apetece portanto dizer que de alternativa tem pouco…

Relativamente aos certificados médicos por ser de risco, que foram apresentados por colegas em época de exames deixam de ter validade para o próximo ano letivo. Quem for de risco terá mesmo de requerer a baixa médica! Se não podem assegurar o serviço, estarão necessariamente de baixa.

Há a possibilidade de deixar meia turma em casa e outra meia em sala de aula com os respetivos professores. Os de casa ficam em trabalho autónomo, sem acompanhamento síncrono, a fazer trabalho curricular, mediantes guiões orientados.

A metodologia flipped learning é muito útil nestas formas de organização.

Relativamente aos equipamentos informáticos o prazo de entrega aos alunos com ASE e professores é até ao final do primeiro período. Os outros só depois dos anteriores terem todos recebido.

Sobre o número de horas que cada área disciplinar deve ter semanalmente no E@D, ficou claro que, para evitar desigualdades, pelo menos 70% das horas devem ser síncronas.

Cremos que com este esclarecimento poderemos ter maior noção do próximo ano letivo.