Início Educação Oitocentas escolas vão estar abertas para filhos de trabalhadores essenciais

Oitocentas escolas vão estar abertas para filhos de trabalhadores essenciais

706
0

Nas duas semanas de contenção da pandemia de covid-19 que aí vêm o Governo decidiu manter abertas 800 escolas para os filhos dos trabalhadores dos serviços essenciais.

Membros das forças de segurança e profissionais de saúde, entre outros profissionais, vão assim poder ir trabalhar sem a preocupação de não terem onde deixar os filhos ou outros dependentes de 27 a 30 de Dezembro e de 3 a 7 de Janeiro. A lista de estabelecimentos de ensino de acolhimento pode ser consultada aqui.

Estas escolas vão ainda fornecer refeições a alunos beneficiários da Acção Social Escolar ou que necessitem deste apoio, podendo ainda acolher crianças e jovens sinalizados pelas Comissões de Protecção de Crianças e Jovens.

Numa nota informativa, o Ministério da Educação congratula-se com “o elevado profissionalismo e sentido de missão de docentes e não docentes que, com o seu trabalho, fazem da escola o garante de um apoio inequívoco a todos os alunos e famílias em situação de vulnerabilidade ou que dela necessitam neste período”.

Público