Início Educação Mobilidade por doença = Falta de Respeito

Mobilidade por doença = Falta de Respeito

1549
0

Uma semana, este é o prazo que o MEC dá aos professores para instruírem todo o processo de pedido de Mobilidade por Doença.
Surgiu sem aviso prévio da calendarização.
O prazo passou de 24 dias no ano passado para 8 dias neste ano.
No ano passado foi em abril, enquanto este ano calha em pleno período de férias de muitos médicos.

Uma tentativa de dificultar ao máximo o acesso a este «dito» concurso para, deste modo, conseguir excluir o maio número possível de professores necessitados. Um atentado ao direito à doença.
Independentemente da opinião de cada um acerca da MpD, esta consideração que têm pelos professores é um ataque à sua dignidade profissional e pessoal; professores, ainda para mais com doenças, a serem tratados como lixo.
Esse é o nível de respeito que têm por nós.

Só me custa a compreender como ainda há professores que acham que somos muito bem tratados, que há assuntos que não lhes dizem respeito e que estão bem.
Pois fica uma informaçãozinha: quem maltrata um professor, maltrata toda a classe. Este é o lema da maior parte das classes profissionais (infelizmente na nossa classe impera o «cada um por si» e «o problema não é meu»). Foi por termos aceitado que tratassem de forma desrespeitadora uns e outros, que agora somos todos desrespeitados.
Carlos santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.