Início Importados - Educação É Para Cumprir Sempre (Que Possível)! – Paulo Guinote

É Para Cumprir Sempre (Que Possível)! – Paulo Guinote

1333
0

Mail amigo fez-me chegar este resumo a partir das orientações da parceria DGEstE/DGE/DGS, que publiquei há um par de dias, para o próximo ano lectivo:

A direção de cada agrupamento de escolas é responsável… sempre!

Devem manter-se as janelas e/ou portas abertas, de modo a permitir uma melhor circulação do ar… sempre que possível!

Deverá ser acautelada formação adequada ao pessoal não docente responsável pela limpeza e desinfeção do edifício escolar… sempre que possível!

O estabelecimento deve criar espaços “sujos” e espaços “limpos” e estabelecer diferentes circuitos de entrada e de saída, bem como de acesso às salas… sempre que possível!

Desenvolver as atividades, preferencialmente, em pequenos grupos ou individualmente… sempre que possível!

Privilegiar atividades em espaços abertos (pátios, logradouros, jardins)… sempre que possível!

Assegurar que os objetos partilhados entre crianças são devidamente desinfetados entre utilizações… sempre que possível!

Privilegiar o contacto com as famílias à entrada da instituição, mantendo o distanciamento físico recomendado… sempre que possível!

Os grupos/turmas devem ter horários de aulas, intervalos e período de refeições organizados de forma a evitar o contacto com outros grupos/turmas… sempre que possível!

As aulas de cada turma devem decorrer na mesma sala e com lugar/secretária fixo por aluno… sempre que possível!

As mesas devem ser dispostas junto das paredes e janelas… sempre que possível!

Deve garantir-se um distanciamento físico entre os alunos e alunos/docentes de, pelo menos, 1 metro… sempre que possível!

Períodos de almoço desfasados entre turmas, de forma a respeitar as regras de distanciamento e evitando a concentração de alunos… sempre que possível!

dog

(e há 2 “sempre que aplicável”…)

Fonte: O Meu Quintal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.