Início Educação Como pode saber se o seu filho pode estar a sofrer de...

Como pode saber se o seu filho pode estar a sofrer de Bullying?

100
0

A sala de aula do século XXI está repleta de cadeiras, mesas, alunos e tensões sociais. Gerir e mediar conflitos entre os jovens faz parte do dia a dia do professor.

A  mediação de conflitos que os alunos trazem para a sala de aula e que impactam nas aprendizagens.

Os jogos resultam frequentemente em conflitos que os alunos trazem do intervalo,  e entram na sala de aula.

Estas situações podem envolver agressões físicas e psicológicas, por vezes até organizadas.

 

Em alguns casos, a vítima é um estudante com um perfil de bom aluno.

Hoje escrevo na qualidade de Encarregada de Educação.

 

Uma tarde, fui buscar o meu filho após o fim das aulas.

Na altura com 7 anos foi alvo de uma situação humilhante por parte de um grupo de alunos da turma no intervalo. 

 A situação na altura não foi valorizada, foi uma brincadeira disseram. Tentei falar com a  Coordenadora da Escola na época, mas  disseram-me  que estaria muito ocupada. 

Contactei telefonicamente no dia seguinte,  e mais uma vez a Coordenadora explicou que foi uma brincadeira.

 

Na altura, eu  informei que o meu filho não considerou ser uma brincadeira,  e que eu achei que seria uma situação constrangedora.

 

No dia seguinte, após as aulas, fomos a uma esquadra da polícia, apresentar queixa contra os ” agressores de 7 anos”.

 

No dia seguinte, a polícia, estava na Escola às 8:30, porque a situação se enquadrava no exercício das suas funções. 

 

A Coordenadora já não podia dizer que estava ocupada. 

E tentou falar comigo, nessa altura respondi:

 

  • Já não tenho nada a falar consigo. Agora é com a polícia. Muito bom dia. 

 

Os restantes Encarregados de Educação desconheciam os factos, só ficaram a saber quando a polícia falou com eles. 

 

Passados uns anos, quando iniciou o 5º ano, aconteceu uma situação análoga, foi assaltado no refeitório por dois alunos da idade dele.

 

Pensando racionalmente, voltei a uma esquadra.

Ficou logo resolvido.

 

Como saber se o seu filho pode estar a sofrer de Bullying?

 

O seu filho anda muito  calado?

O seu filho dorme mal?

O seu filho vai ter  consigo ao quarto a meio da noite?

Então esteja atento.

 

Quando levei o meu filho comigo, expliquei-lhe  que os problemas não se resolviam andando à pancada, nem aos insultos.

 

Cada vez que vejo notícias sobre jovens que perderam a vida ao participarem em pancadaria e desacatos, sinto que fiz a melhor escolha.

Nenhuma mãe deveria ter que trazer o seu filho do hospital, vivo ou morto.

Elisa Manero