Início Educação CARTA ABERTA DOS PROFESSORES DO AE ROMEU CORREIA

CARTA ABERTA DOS PROFESSORES DO AE ROMEU CORREIA

95
0

Para esclarecer o que se passa. Para exigir o que urge.
Assumamos um ponto: sem professores não há escola. E sem escola, não há futuro digno, não há liberdade, não há justiça. Porque sem escola, não há conhecimento.
Quando o Sr. Ministro da Educação afirma que nunca propôs que o recrutamento dos professores fosse feito pelos municípios (pois não, propôs que fosse parcialmente feito por “comunidades intermunicipais” e “conselhos de diretores”);
quando o Sr. Ministro insinua que os professores estão a ser manipulados por sindicatos, novos ou velhos (insinuação mais velha do que nova, mas tão desatenta à realidade), o Sr. Ministro parece esquecer-se de um facto relevante: o de que antes
de o Sr. Ministro ensaiar uns passos de retórica, já os professores liam Aristóteles e que antes de o Sr. Ministro falar verdade a mentir, já os professores ensinavam Almeida Garrett.

Descarregue o PDF para ler comunicado completo

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [46.94 KB]

 

 

 

Brígida Batista, professora no AE Romeu Correia