Início Educação Alunos usam sumo de laranja para criar falsos positivos em testes Covid

Alunos usam sumo de laranja para criar falsos positivos em testes Covid

1175
1

Um grupo de alunos ingleses descobriu uma maneira no mínimo insólita de obter falsos positivos em testes à Covid-19. Eles perceberam que a aplicação de sumo de laranja num teste rápido pode gerar um resultado enganador.

A notícia é avançada pelo jornal britânico “The Guardian“, que inclusive terá testado o fenómeno. Os resultados terão a ver com a acidez da laranja, que reage com o teste. O mesmo acontece aparentemente com ketchup e Coca-Cola.

Segundo um professor de ciências do Reino Unido, foram os seus alunos que lhe mostraram a descoberta e o efeito do sumo de laranja. “Eles dizem que é uma ótima maneira de tirar duas semanas da escola”, acrescentou o mesmo. Não ficando claro se algum aluno chegou a usar esta tática, fica na reportagem do jornal um alerta a este eventual truque: “Falsos positivos afetam não apenas aquela criança, mas sua família e sua bolha na escola, é uma coisa muito egoísta de fazer. Existem maneiras menos prejudiciais de fingir um dia de folga da escola ”, frisou Jon Deeks, professor de bioestatística da Universidade de Birmingham.

Já Geoff Barton, o secretário-geral da Associação de Líderes Escolares, acrescentou: “O uso indevido dos testes de fluxo lateral de qualquer forma é extremamente inútil e nós desencorajamos fortemente esse comportamento. Temos certeza de que isso envolve uma minoria muito pequena de alunos e que, na maioria das vezes, os testes são usados ​​corretamente”.

A professora Andrea Sella, da University College London, disse por seu turno que do ponto de vista técnico a descoberta não foi surpreendente. “Se alguém deliberadamente estragar o protocolo, então é claro que obterá um resultado falso. Mas eu acrescentaria que não é um ‘falso positivo’ no verdadeiro sentido. Porque falsos positivos são aqueles que ocorrem apesar da adesão ao protocolo”.

Ainda segundo Geoff Barton, os pais dos alunos envolvidos têm um papel a desempenhar nestes casos: “Pedimos aos pais que garantam que os testes não sejam mal utilizados e sugerimos aos alunos interessados ​​em reações químicas que o melhor lugar para aprender sobre eles é nas aulas de química na escola.”

NIT

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.