Início Educação |A resposta! | Greve na educação. Pais dizem que é sempre às...

|A resposta! | Greve na educação. Pais dizem que é sempre às segundas e sextas

1120
0

Interessante esta reportagem feita pela RTP,  numa escola no Porto, que entrevista um pai que se queixa que as greves “há décadas que não têm funcionado e calham sempre à segunda e à sexta-feira” e continua dizendo que deveria haver uma alteração à lei da greve que obrigasse os grevistas a estarem no local de trabalho.

Até podemos entender que para este pai, como infelizmente o é para a grande maioria, a escola serve apenas para despejar os petizes no início da manhã e lá deixarem até que lhes dê jeito os irem buscar. No meio se tiverem de ir às compras então ainda é mais necessária!

No entanto, queremos relembrar que a primordial função da escola é o ensino formal. Para este ensino são necessário professores, e não guardadores de crianças. Se os professores que estão na escola para ensinar os filhos destes senhores, são maltratados, desvalorizados, mal remunerados, desprotegidos, podem e devem fazer greve.

E podem e devem fazer greve no dia que lhes der mais jeito. Já que um dia de greve não é remunerado que seja enconstado a um fim de semana para compensar a perda remuneratória com uma espécie de “salário emocional”. Perco o dia de greve mas ganho um dia de fim de semana.

Este argumento de perda de vencimento serve também para justificar a não presença dos grevistas no local de trabalho. Não há na lei nada que obrigue o grevista a apresentar-se no local de trabalho e uma vez que perdemos o vencimento não iremos despender nem tempo, nem dinheiro para ir para o local de trabalho para agradar a estes “esmerados paizinhos” que precisam de ir trabalhar e não têm onde deixar as crias…

Uma greve tem de ser impactante socialmente para que sirva de forma de luta, por isso faremos, sim, as greves necessárias, faremos, sim, junto ao fim de semana e ficaremos, sim, em casa a descansar…

Veja o Vídeo aqui

A equipa VozProf

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.