Início Educação A minha greve é outra….-Elisa Manero

A minha greve é outra….-Elisa Manero

3384
0

 

Eu uma Professora do quadro, não me esqueço das oscilações da nossa profissão. Entrei em Quadro de Zona Pedagógica em 2018 e em quadro de Escola em 2021. Nunca me esqueço que fui contratada muitos anos.

 

Se estou preocupada com as novas alterações da carreira docente?

Sim estou.

 

Estive presente nas manifestações por causa das BCE, em todas as manifestações de professores.

 

Faz 10 anos que determinei que a minha greve é ao consumo.

Se a classe média não consumir, se os professores consumirem metade do habitual, esta ação tem logo logo impacto. Nós somos muitos para pagarem, então também somos  muitos a consumir.

 

Aprendi faz tempo, não compres o que não precisas, para um dia não venderes o que necessitas.

 

Vou ter um Natal sustentável. Só vou oferecer presentes aos meus filhos. 

 

A sustentabilidade ambiental é importante, mas a sustentabilidade econômica também. 

 

Contextualizando: 

 

Resido em Lisboa, tenho automóvel, mas optei pela forma mais sustentável, uso os transportes.

A sustentabilidade econômica:  não gasto na gasolina, no estacionamento, nas multas e no ginásio, porque passei a andar a pé.

 

A sustentabilidade ambiental: A minha pegada de carbono diminui.

 

A sustentabilidade social: Ando mais feliz, só compro alimentos saudáveis e já emagreci 14 kg. 

 

Na comunicação social não dizem que se gasta muito dinheiro?

 

Estou a propor uma greve pacífica, sustentável e que não leva a perdas de remuneração.

Como todas as greves geram sacrifícios, esta também gera. 

Os bens que eu preciso na sua maioria são obtidos por trocas,  vendas e compras em segunda mão.

Se sou pobre? Não, estou em greve.

 

Elisa Manero

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.