Início Educação A falta de Professores e a 1º Lei de Newton

A falta de Professores e a 1º Lei de Newton

51
0

Hoje vou escrever sobre um assunto do foro familiar.

No ano letivo de 2015/2016 o meu filho entrou para o 5º ano. Não tinha professor de inglês. No 2º período apareceu um Professor.
No ano letivo de 2020/2021, só teve Professor um período letivo. Questionei o Agrupamento sobre o número de candidatos em oferta de escola, já que conheço muito bem os procedimentos.
Responderam que não apareciam candidatos de acordo com as habilitações pedidas em Decreto. Tinham tido 20 candidaturas, eram pessoas da área de tradução, alguns tinham os Cursos dos Institutos de Línguas e pessoas da área de Comunicação com disciplinas de Inglês. Mas o Decreto da Habilitações não correspondia aos Cursos que existem nas Universidades.
Nos anos 90 muitos estudantes a partir do 3º ano davam aulas, mesmo sem habilitação Profissional, ou Própria, eram chamadas as Habilitações Suficientes,
Temos faltas de Professores porque políticos com inércia segundo a 1ª Lei de Newton, uma lei da física,  não fizeram a atualização dos Cursos que existem nas Universidades para as necessidades do mercado laboral.
Dizem que temos a geração mais qualificada de sempre mas não lhes abrem as portas para a  renovação geracional de uma profissão tão importante para o desenvolvimento de uma nação.
Os ” Virgens ofendidos” podem vir alegar sobre a qualidade, mas somos um país pobre e quem não tem cão caça com gato.
O meu filho ficou prejudicado e eu também, tive que financiar fora do sistema escolar um instituto de línguas.
Espero que este Governo reveja esta questão já que deixar jovens sem professores ou obrigar os velhos professores  a fazerem  mais horas não me parece sensato nem coerente.
Elisa Manero