Início Uncategorized O Estranho Caso De Um Ministério Da Deseducação!

O Estranho Caso De Um Ministério Da Deseducação!

34
0

Finalmente o ME reagiu a uma agressão numa escola! Grita-se por aí! A sociedade exalta-se com a detenção do professor que, alegadamente, agrediu um aluno…Depois de ouvidos na esquadra conforme notícia:

Alunos e professor foram ouvidos na esquadra depois da agressão que terá ocorrido esta segunda-feira na Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade. O docente foi suspenso de funções “de imediato”.

No entanto, ninguém nunca ao longo dos últimos anos veio recriminar publicamente as agressões bárbaras sofridas pelos professores, os burnouts mortais sofridos pelos professores, as depressões suicidas sofridas pelos professores, as juntas médicas que mandam trabalhar até morrerem em “combate”! Porquê?
Será difícil perceber que este caso não é mais do que um caso de profunda depressão por parte do professor?
Que não é  mais do que o culminar de anos a sofrer na pele todas as mudanças que levam para as escolas o cada vez maior mundo da indisciplina?
Mas alguém imagina pelo que passa um professor diariamente?
Da pequena indisciplina constante e contagiosa, às agressões a colegas, auxiliares a até a professores sem que possam fazer grande coisa? E se o fizerem arriscam-se a caminho de casa ou mesmo ali à porta da escola serem agredidos como foi o caso da semana passada?
Nada disto que estou a escrever justifica a agressão do professor, mas antes de condenarem em praça pública, mostrando o ME que é apenas o “selfie man” que quer aparecer nas fotos e ficar sempre bem, deviam averiguar o estado de saúde deste colega, assim como os de muitos que pelas escolas circulam e aguentam como podem tanta indisciplina, tanto mal estar, tanto desprezo social!
Estou deveras irritado com a postura do Ministério, por ser vergonhosa e sobretudo por nunca ter mostrado igual celeridade em casos semelhantes com professores!
Quando são os professores a serem agredidos, assobia-se para o lado, nem um comunicado, nem um nota informativa…nada!
Neste caso em específico quero apenas dizer que antes de julgar, aguardarei pelo apuramento dos factos…
Mas antes pergunto onde está a Medicina de Trabalho nas escolas? Será que não poderiam prevenir estes casos de depressão?
Onde ficou o atestado de robustez física e psíquica? Será que não teria de aposentar uns tantos e isso custaria dinheiro?
Sobre este tipo de situações acredito que cada vez acontecerão mais se não se olhar de forma séria, transparente, descomplexada para os casos de Burnout, por um lado, e para os casos de indisciplina, por outro!
É urgente cuidar da Educação em Portugal!

Alberto Veronesi

Fonte: ComRegras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.