Início Uncategorized Projecto lei para recuperar tempo de serviço – ICL – Estará a...

Projecto lei para recuperar tempo de serviço – ICL – Estará a ser boicotada?

14
0
Já é noticiado pelos media, mas precisamos de mais, muito mais! Não cedam a pressões e assinem! 
Estará a ser boicotada?

Assine aqui

“O que sabemos oficialmente é que a FENPROF desvalorizou a Iniciativa dos professores para recuperarem em projeto de lei o seu tempo de serviço.O que sabemos segundo alguns “passarinhos”, é que certos membros sindicais andam a aconselhar professores a não assinarem a ILC, porque segundo eles é um tiro nos pés, blá, blá, blá…Tiros nos pés é não ter seguido este caminho logo no dia seguinte à recomendação Parlamentar para recuperar todo o tempo de serviço, era tão óbvio que é preocupante a falta de noção estratégica dos nossos sindicatos.Oficial é também que a plataforma da Assembleia da República já esteve em baixo 4 vezes, tendo a última a duração de mais de 12 horas. Já falámos com os técnicos do Parlamento e apresentámos as nossas queixas a quem de direito. Neste momento estamos a seguir outras vias para que a Democracia seja respeitada.Será um boicote? Não o podemos provar, mas podemos e devemos desconfiar que assim esteja a acontecer. Até porque basta uma simples pesquisa no google para saber como se faz…Se não é boicote, é incompetência dos serviços. Uma coisa é certa, se temos 90 dias são 90 dias, e têm de ser respeitados senão temos o caldo entornado.Peço a todos os professores e simpatizantes desta iniciativa que não desmobilizem, que estas dificuldades sejam apenas um incentivo e a prova que estamos a criar muitas comichões.Não vamos desistir! Partilhem a nossa (é de todos) Iniciativa, incentivem professores e não professores a assinar e ajudem se for o caso.”

Notícia do Diário de Notícias

Notícia do Público

Notícia Jornal de Negócios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.