Início Educação “Todos nós, funcionários públicos e não, já pagámos a falência do Estado”

“Todos nós, funcionários públicos e não, já pagámos a falência do Estado”

119
0

Não percebo porque se contínua a tentar demonizar a classe e as suas reivindicações, dá jeito, bem sei, mas não é saudável para a imagem que a sociedade tem e terá sobre os professores!

Esse caminho é socialmente pernicioso, pois estamos a falar de uma classe, já muito fustigada por todos, que é e deveria ser vista como um dos maiores e mais importantes pilares de uma sociedade moderna!

Miguel Sousa Tavares diz que “o governo para pagar estes aumentos todos, estes retroativos, repor as carreiras salários e devoluções como as chamam, o governo faz isso com o dinheiro de todos nós, com todos que pagam imposto”

Pois bem Sr Miguel Sousa Tavares, e os professores não o pagam?
E os professores não contribuíram para a saída da crise?
Pois então fique a saber que os professores contribuíram com 8 mil milhões de euros para a recuperação económica do país!!! Parece-lhe pouco?

Mas deixe-me corrigi-lo, ninguém pede, pediu ou pedirá retroativos, não é disso que se trata, percebo que se o objetivo é denegrir a imagem dos professores dê jeito dizer e repetir muitas vezes para parecer verdade, mas não é!

O que se pede é apenas que sejam contabilizados os anos que efetivamente trabalhámos e com esse trabalho pagámos os nossos impostos e contribuímos, como qualquer outro contribuinte, com a parte que nos competia.

Mais digo que não queremos tratamento diferente, queremos igual a todos os outros funcionários públicos e com este apagão isso não acontecerá!

FONTE:SICNOTICIAS:SAPO:PT
Veja o vídeo aqui.

SUTEB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.