Início Sociedade Será assim a partir de dia 18? “É de partir o coração”

Será assim a partir de dia 18? “É de partir o coração”

362
0

A imagem é verdadeira, assim como as seguintes fotos. Tudo indica que também por cá as soluções passarão por situações destas.

Veja as fotos e leia o que diz o autor


 

Uma das alturas favoritas dos miúdos quando estão na escola é o intervalo, onde podem brincar com os colegas e amigos, mas em tempos de Covid-19 essa diversão é diferente. Em França, uma fotografia dessa realidade causou indignação em todo o país.

Na imagem pode-se ver crianças em idade pré-escolar sentadas sozinhas em ‘seções de isolamento’, marcados com giz, numa escola em Tourcoing. Após quase dois meses em quarentena, as escolas foram reabertas e este foi o cenário adaptado para que os pequenos se mantenham afastados uns dos outros.

As fotografias foram publicadas pelo jornalista Lionel Top no Twitter. “As crianças voltaram hoje (uma pequena parte delas). Atmosfera muito estranha, até perturbadora“, escreveu, partilhando ainda outras duas fotografias onde se pode ver os professores com máscaras e viseiras e lugares marcados no chão.

A situação gerou também uma onda de revolta nos internautas que se mostraram bastante descontentes com a situação: “Nunca vi uma imagem tão triste. É horrível sujeitar as crianças a isto“, disse um. “Apenas desumano, vergonhoso para crianças, mas também para professores e institutos! Que horror!”, escreveu outro.

Não consigo superar isto. Esta imagem é de partir o coração. Não podemos chamar isto de ‘escola’“, afirmou uma historiadora, Laurence De Cock.

Um porta-voz do Ministério da Educação de Paris, citado pelo Daily Mail, explicou que não havia “instruções específicas‘” para os professores desenharem quadrados de giz no chão para os alunos, mas confirmou que todos foram instruídos a “manter o distanciamento social“.

Fonte: Caras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.