Início Notícias Próximo ano letivo pode ser a meio termo

Próximo ano letivo pode ser a meio termo

9390
0

Começa na próxima segunda-feira mais uma fase do desconfinamento das atividades económicas e sociais. E será mais uma fase de “teste” à abertura, desta vez para escolas e restaurantes, a pensar no que poderá ser o futuro com uma segunda vaga. António Costa quer restaurantes já sem limitações de lotação em Junho, se tudo correr bem, e diz que terceiro período nas escolas servirá de “treino” para o próximo ano letivo, que não garante que tenha aulas presenciais para todos os alunos.

A começar pelas escolas. Estas reabrem para 11º e 12º, nas cadeiras com exames, a partir de segunda-feira, tal como previsto – e serão também abertas as creches, depois de testados mais de 23 mil funcionários destas instituições. Mas há uma grande incógnita sobre como correrá o fim deste terceiro período nas escolas, quer a nível letivo quer a nível sanitário. Por isso o primeiro-ministro admite que este tem de servir de “treino para o que vai ser a realidade no próximo ano letivo” para as “rotinas que têm de ser introduzidas e para as práticas que têm de ser melhoradas”, disse na conferência de imprensa depois do Conselho de Ministros.

O que isto quer dizer é que é “desejável alargar a atividade presencial a todos os anos letivos” quando as aulas retomarem em Setembro, ficando assim no ar a ideia que pode não ser possível – e que terá sempre limitações. Para isso as escolas vão ter de se “adaptar” de forma a que as escolas possam ser frequentadas por todos: haverá compensação entre ensino presencial, digital e por televisão. Tudo porque, admitiu o primeiro-ministro, “até haver um tratamento eficaz ou uma vacina eficaz, vamos ter de continuar a viver com o Covid na nossa sociedade. Todos estamos agora a aprender a viver a conviver”, disse.

 

Fonte: Expresso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.