Início Notícias “Professores têm cumprido o desígnio de não deixar ninguém para trás”

“Professores têm cumprido o desígnio de não deixar ninguém para trás”

975
0

Temos sido elogiados por quem no passado mostrou sempre pouca estima por nós. Cabe-nos filtrar os elogios e perceber, tal e qual o polígrafo, se são verdadeiros ou apenas necessários à situação!

Fica a notícia


O ministro da Educação esteve nos estúdios da RTP, na manhã desta segunda-feira, para assistir ao arranque da Telescola na RTP Memória.

Quase duas horas depois do início das aulas, Tiago Brandão Rodrigues revelou, em entrevista à televisão pública,  que o feedback dos dois primeiros blocos é muito positivo.

“Temos recebido muito bom feedback destes dois primeiros blocos, muito bom retorno, e muitas famílias a acompanhar”, garantiu, sublinhado que este formato vem dar mas “possibilidades aqueles alunos que não têm meios telemáticos e acaba por complementar o trabalho que os professores têm feito com os alunos”

Mas não foi só à Telescola que o governante teceu largos elogios. Brandão Rodrigues salientou que os professores e as comunidades escolares deram respostas rápidas e efetivas, perante a pandemia da Covid-19 e a necessidade de encerrar as escolas como medida de contenção.

“Tem sido uma resposta muito boa e muito robusta por parte dos professores, das comunidades educativas e também com esta interação positiva por parte das famílias (…). As nossas escolas têm feito um trabalho notável, os professores têm estado a interagir com os seus alunos e sabemos que a cada dia que passa tudo vai correndo melhor. Os professores têm cumprido este desígnio de não deixar ninguém para trás”, frisou.

Recorde-se que mais de 850 mil alunos do ensino básico contam a partir desta segunda-feira, e durante o terceiro período, com aulas de apoio através da televisão, e vão aprender com professores à distância devido à pandemia do novo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.