Início Notícias Nesta escola de Gaia, a grande preocupação são os “alunos desligados”

Nesta escola de Gaia, a grande preocupação são os “alunos desligados”

456
0

A primeira semana de aulas do 3.º período no Agrupamento de Escolas Soares dos Reis, em Vila Nova de Gaia, vai ser dedicada, sobretudo, a reuniões entre professores e também com alunos. O objetivo é organizar o último período escolar à distância, para que os estudantes comecem a trabalhar “a sério” a partir de 20 de abril, altura em que arrancam também as aulas transmitidas na televisão.

A diretora do agrupamento, Manuela Machado, garante que os conselhos de turma serão a chave para o sucesso das aulas nos próximos meses.

“Cada conselho de turma vai elaborar um projeto de turma onde serão identificados por disciplina os trabalhos que o aluno terá de fazer nessa semana ou nesses quinze dias”, explica.

As videoconferências vão servir para tirar dúvidas e fazer o balanço de cada semana, sempre com a ajuda da telescola, que serve como complemento.

A principal preocupação da diretora do agrupamento é com os chamados “alunos desligados”, ou seja, sem acesso a computadores e internet.

Para contornar o problema, o agrupamento lançou uma campanha de solidariedade para angariar material – em regime de empréstimo ou doação – para que os alunos possam estudar à distância. “Já começámos a ter pessoas que nos estão a emprestar material para os nossos alunos.”

Além disso, a escola está também a tentar uma parceria com os CTT para que os estudantes sem computador tenham acesso aos materiais em papel através do correio. Sem videochamada, a diretora fala mesmo da possibilidade dos professores entrarem em contacto com os alunos através de chamadas telefónicas. “Nem que seja por telefonema, falar com eles, falar com os pais e tentar conseguir essa ligação.”

O Agrupamento de Escolas Soares dos Reis, em Vila Nova de Gaia, que inclui ensino pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos, conta com mais de mil alunos e cerca de 150 professores.

Fonte: TSF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.