Início Educação Mulher assassinada pelo ex-companheiro durante aula online da filha

Mulher assassinada pelo ex-companheiro durante aula online da filha

327
0

Um homem matou a ex-namorada enquanto a filha da vítima assistia a uma aula online através da plataforma Zoom, anunciaram esta quarta-feira as autoridades do condado de Martin, no estado da Florida.

Segundo o xerife William Snyder, a turma ter-se-à apercebido da discussão que acabou por vitimar a mãe da menina de 10 anos.

Este era o primeiro dia de aulas da Escola Básica de Warfield, e a professora decidiu silenciar o áudio do computador da criança quando se começaram a ouvir gritos. Pouco depois, a imagem mostrava a menina a tapar os ouvidos, momentos antes de o ecrã ter ficado negro.

Algumas das escolas da Florida estão com um regime de aulas dividido entre o online e o presencial, numa altura em que aquele estado é um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19.

As autoridades conseguiram apanhar o suspeito, que foi identificado como Donald Williams, um homem de 27 anos que era o ex-companheiro da vítima, de 32 anos. Sobre ele recaem acusações de homicídio em primeiro grau pelo assassinato de Maribel Rosado Morales.

A mulher foi atingida com dois tiros no peito, e no local, além da menina de 10 anos, estavam outros três filhos e também dois primos, que presenciaram toda a cena.

Os inspetores responsáveis pelo caso confirmaram mais tarde que o computador se desligou depois de ter sido atingido por uma bala.

Houve uma discussão. Ele confrontou-a com algo relacionado com um vídeo. Ele disse que ela começou a sorrir e que ficou enraivecido e acabou por disparar contra ela”, afirmou o xerife.

Segundo o relatório da detenção, os filhos de Maribel tentaram esfaquear o homem após os disparos, mas o suspeito acabou por lhes apontar a arma, demovendo-os.

Donald Williams acabou por fugir do local numa bicicleta e dirigiu-se a uma lavandaria automática. Apanhou um autocarro, mas o seu comportamento suspeito levou o condutor a chamar as autoridades, que detiveram o suspeito pouco depois.

Tanto a professora como os alunos da turma da criança de 10 anos estão a ter acompanhamento psicológico depois de terem visto parte da cena.

Os registos criminais indicam que Donald Williams já cumpriu dois anos de pena de prisão em 2014, depois de ter sido condenado por assalto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.