Início Notícias Ministério da Educação garante pagamento de ordenados dos professores de AEC e...

Ministério da Educação garante pagamento de ordenados dos professores de AEC e financiamento dos contratos de cooperação

2847
0

Nos últimos dias, as denúncias começaram a aumentar. Os professores de Atividades de Enriquecimento Curricular, não obrigatórias, temem ficar sem ordenado já a partir deste mês, uma vez que as aulas presenciais terminaram para os alunos do básico. Na Fenprof, a denúncia mais complicada chegou de Coimbra, enquanto a FNE diz ter mais queixas no Norte do país. Ao Observador, o Ministério da Educação garante que vai continuar a financiar estas e outras atividades até ao final do ano letivo, não havendo motivo para que estes docentes fiquem sem salário, desde que as atividades sejam adaptadas ao ensino à distância.

“O Ministério da Educação vai enviar, para as entidades promotoras de Atividades de Enriquecimento Curriculares, indicações de que o financiamento está assegurado se garantidas estas atividades adaptadas ao 3.º período letivo, que se desenvolverá à distância para estes alunos do ensino básico”, lê-se na resposta ao Observador.

Para além disso, a tutela também garante que vai manter o financiamento das Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) nas escolas públicas e dos Centros de Recursos para a Inclusão (CRI). Para as escolas privadas, há também financiamento garantido quer para “o ensino artístico especializado ao abrigo de contratos de patrocínio”, quer para os contratos de cooperação. A condição é a mesma para todas: que o trabalho desenvolvido com os alunos se adapte ao ensino à distância.

Ler mais…

Fonte: Observador

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.