Quarta-feira, Outubro 21, 2020
Início Educação Fenprof acusa Ministério da Educação de obrigar escolas a correrem riscos desnecessários

Fenprof acusa Ministério da Educação de obrigar escolas a correrem riscos desnecessários

351
0

A Federação Nacional dos Professores aponta o dedo ao Ministério da Educação e fala em riscos acrescidos nas aulas de Educação Moral e Religiosa com alunos de turmas diferentes.

Refere que os problemas não são só nesta disciplina e aponta a falta de distanciamento entre estudantes, também nas aulas de Tecnologias da Informação e Comunicação.

O líder Mário Nogueira diz à Antena 1 que estes casos podem levar ao encerramento de alguns estabelecimentos de ensino por surtos de Covid-19.

Contactado pela Antena 1, o gabinete do ministro Tiago Brandão Rodrigues esclarece que, no caso da junção de turmas, isso acontece para permitir o funcionamento da disciplina de Educação Moral e Religiosa, estando, nestes casos, garantido o distanciamento nas salas de aulas já que as turmas mistas são pequenas.

Quanto às aulas de Tecnologias da Informação e Comunicação, nas quais dois alunos têm de partilhar um único computador, o Ministério avança que, tal como noutras disciplinas de cariz prático, as escolas têm adotado práticas de higienização reforçada, sempre que existe manipulação de materiais.

RTP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: