Início Importados - Educação Educação: era possível fazer melhor? – Manuel Carvalho

Educação: era possível fazer melhor? – Manuel Carvalho

436
0

O Governo tinha vários problemas para resolver na educação e nenhum oferecia uma solução fácil. Ontem, o primeiro-ministro deu conta das medidas que aprovou e o que se pode dizer é que foi capaz de apresentar soluções sensatas para alguns dos problemas, mas deixou em aberto outros tantos. Se na questão dos alunos do 11º e 12º ano que vão ter de fazer exames nacionais podemos considerar que a solução é equilibrada e responde à gravidade da situação, para os alunos do ensino básico e do 10º ano ofereceu apenas o mal menor. Por outras palavras, foi capaz de anunciar uma saída minimamente equilibrada e justa para o problema que pode ter solução, e reconheceu a falta de alternativas para o que é difícil ou até impossível de resolver.

Por partes: com o país obrigado ao isolamento social, seria impensável admitir que a escola pudesse funcionar de forma normal. Ninguém perceberia nem aceitaria que os seus filhos fossem às aulas sem garantias de segurança. Nenhum professor admitiria voltar à rotina. O que havia a fazer é admitir que, se as melhores previsões da pandemia se confirmarem, uma pequena parte dos alunos possa regressar a aulas presenciais. Restava definir que alunos. E aí o Governo esteve bem: os que estão num momento crucial dos seus percursos lectivos. Os que vão ter de fazer exames nacionais para acederem ao ensino superior. Se a propagação da covid-19 abrandar, os professores que estão em grupos de risco ficam em casa, a reduzida população escolar que vai às aulas tem mais condições para o distanciamento social e é sujeita a regras de protecção acrescidas. Torna-se assim possível gerir o risco sem abdicar desse instrumento que garante a igualdade de condições de acesso ao superior: os exames iguais para todos.

Fonte: Público

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.