Início Notícias Dois terços dos alunos do 1º Ciclo não têm computador

Dois terços dos alunos do 1º Ciclo não têm computador

506
1

Os alunos do Ensino Básico vão completar o ano letivo através de ensino à distância, conforme anunciou o primeiro-ministro António Costa na passada quinta-feira.  O centro das suas atividades letivas continuará a ser o acompanhamento à distância pelos seus professores, através das plataformas escolhidas por estes. O que normalmente significa o uso de meios informáticos. A partir de dia 20 de abril, terão também disponíveis conteúdos programáticos através da RTP Memória, mas o Governo decidiu que essas aulas via televisão são apenas complementares.

Durante as últimas duas semanas do segundo período, apenas 55 por cento dos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico terão tido ensino à distância, de acordo com com uma sondagem(link is external) realizada pela Universidade Católica Portuguesa com o apoio do Público e da RTP. A não inclusão no ensino à distância de uma parte significativa dos estudantes do 1º Ciclo (sugerida por esta sondagem) pode resultar das dificuldades de adaptação imediatas, que podem entretanto ser ultrapassadas com o início do terceiro período no dia 14 de abril. Porém, há outros dados que apontam obstáculos a superar pelo ensino à distância: o acesso a material informático e à Internet.
De acordo com a sondagem(link is external), apenas 34% dos alunos do 1º Ciclo têm acesso a um computador para fazer os seus trabalhos, 50% têm acesso a um tablet e 19% a um smartphone. No 2º e no 3º ciclos, o equipamento mais disponível é o smartphone: cerca de 80 por cento dos inquiridos têm smartphone (2º Ciclo 83%; 3º Ciclo 84%), cerca de 50 por cento têm acesso a computador (2º Ciclo 56%; 3º Ciclo 58%)  e cerca de 30 por cento tablet (30% e 36% respetivamente).

Em Lisboa, um quarto(link is external) dos estudantes do 1º ciclo não têm acesso a computador ou internet o que levou o vereador da Educação Manuel Grilo a propor o investimento de 1,5 milhões de euros em computadores e routers. Contudo, não há garantias que todos os municípios ponham em ação programas semelhantes. E há muitas casas sem computadores e outras nas quais o único computador existente está já ocupado com o teletrabalho ou o estudo de outros elementos da família.

A grelha(link is external) com de conteúdos pedagógicos #EstudoEmCasa que será emitida pela RTP Memória pode ser consultada aqui. Os conteúdos #EstudoEmCasa vão ocupar este canal entre as 09h às 17h50 com blocos sucessivos de meia hora dedicados a conteúdos de uma ou mais disciplinas do currúclo e agrupados por anos letivos (1.º e 2.º anos, 3.º e 4.º anos, 5º e 6.º anos, 7.º e 8.º anos, e 9.º ano). A  RTP 2 transmitirá conteúdos para crianças da Educação Pré-escolar (dos 3 aos 6 anos).

1 COMENTÁRIO

  1. E quando você mora numa pequena aldeia e tem fibra de um a lado a 600 m e.onha reta e do outro a 1000m e dizem que é pouca gente para o investimento que fazem. Por 600 metros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.