Quinta-feira, Julho 9, 2020
Início Notícias Covid-19. R.U. e Itália investigam síndrome rara observada em crianças

Covid-19. R.U. e Itália investigam síndrome rara observada em crianças

890
0

Os dois principais perigos que existem na reabertura de escolas são, uma nova onde de infeção e o desconhecimento que ainda se tem do vírus. Todos os dias temos novas descobertas…acho que pelo menos até setembro as escolas deviam permanecer fechadas.

Desconfio até que as que abrirem, creche, possivelmente pré-escola terão um residual número de alunos…


Especialistas britânicos e italianos estão a investigar uma possível relação entre o novo coronavírus e uma rara reação que está a ser observada em crianças. Os menores apresentam sintomas graves compatíveis com a doença pouco comum de Kawasaki. Especialistas consideram que ainda é muito cedo para estabelecer um vínculo entre as duas doenças.

No norte de Itália, uma das áreas mais atingidas pelo vírus SARS-CoV-2, os médicos têm vindo a alertar para um número significativo de crianças menores de nove anos com sintomas atípicos para a Covid-19.De acordo com os relatórios médicos, os menores apresentam sintomas como febre, pressão arterial baixa, erupção cutânea e dificuldades em respirar. Em alguns casos também apresentam sintomas gastrointestinais, como dores de barriga, vómitos ou diarreia, mas também uma inflamação do coração e resultados anormais nos exames ao sangue.Os sintomas são semelhantes à síndrome de choque tóxico e à doença de Kawasaki, mais comum na Ásia.A doença de Kawasaki geralmente afeta crianças com menos de cinco anos e está associada a febre, erupções cutâneas, inchaço das glândulas e, nos casos mais graves, inflamação das artérias do coração.Um hospital da cidade de Bergamo, a norte de Itália, reportou mais de 20 casos de inflamação vascular grave em março, um número seis vezes superior ao que seria esperado num ano.

Na Grã-Bretanha têm sido descritos casos semelhantes. “Ao longo das últimas três semanas tem sido observado um aumento evidente do número de crianças de todas as idades com um estado inflamatório multissistémico que requer cuidados intensivos em Londres e também noutras regiões do Reino Unido”, escreveu a Associação de Pediatras de Cuidados Intensivos do Reino Unido numa carta dirigida aos médicos.

O secretário de Estado do Reino Unido, Matt Hanock, revelou na segunda-feira estar “muito preocupado” e que as autoridades médicas estavam a estudar o caso.
Correlação com a Covid-19?
Os especialistas procuram agora perceber se existe uma relação entre esta síndrome e a Covid-19. Os resultados clínicos apontam que apenas algumas das crianças com inflamação vascular testaram positivo para o novo coronavírus.

Ler mais

Fonte: RTP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: