Início Educação “Como acalentar uma birra emocional sem um toque?” | “Protejam as crianças...

“Como acalentar uma birra emocional sem um toque?” | “Protejam as crianças emocionalmente” – Vídeo

635
0

Quem tem a ousadia de promover o distanciamento social na sala, ou no recreio? Este é o vídeo onde a realidade se confundo com o Humor! Convido a todos a refletir sobre os caminhos a percorrer nesta estrada da educação e pedagogia. Partilhando as nossas experiências práticas, momentos diários, rotinas concretas, podemos juntos traçar uma metodologia que se preocupa com o bem estar das crianças na sua totalidade, sem a pressão de conteúdos programáticos impostos. O que a direção geral de saúde (DGS),nos solicita com normas de imposição de distanciamento social na creche/jardim de infância, é projetar no dia a dia o suicídio do recreio e por conseguinte o suicídio também da socialização da primeira infância. É impensável e absurdo este desfasamento de espaço entre crianças tão pequeninas, é cruel e desumano. Quero participar neste mundo fantástico da educação, onde as crianças surgem na escola, com um sorriso tatuado no rosto, com vontade de interagir, de questionar, de provocar e de ser simplesmente crianças… Eu acredito que esta pandemia pela Covid-19, seja um tempo de aprendizagens e resiliência, mas não permito que matem a infância, porque as crianças precisam de crescer física e emocionalmente robustas e não pode ser o caminho do distanciamento infantil um processo de cura, não na escola. Se é para separar, para segregar, então a escola não é o lugar seguro. E aí, será o papel das famílias a atuar. Não retirem o papel da Escola, mas EXIJAM O VERDADEIRO PAPEL PROTETOR DO ESTADO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.