Sábado, Janeiro 16, 2021

Opinião

Início Opinião
Bem sabemos que a decisão de fechar as escolas era tudo menos consensual. Nem especialistas de saúde pública, nem classe política e muito menos os professores conseguiram mostrar estarem de acordo neste processo. A divisão foi clara. Por conseguinte,...
A nova declaração do Estado de Emergência traz a angústia do regresso a um confinamento que terá as consequências que já conhecemos. Ainda estamos a pagar caro a fatura do anterior confinamento: fatura económica, social e pedagógica. Hoje está claro...
Os especialistas em saúde consideram que, até ao 12.º ano, as escolas não devem fechar. Consideram bem, ainda que coloquem a tónica na questão da movimentação dos alunos quando, terminado o dia de aulas, se deslocam para este ou...
- É na sua aula que vemos as nossas caras, professor! Dizem-me os alunos que se conheceram este ano; é ali que o fazem mais verdadeiramente. Pela natureza da disciplina, Educação Física, e assumindo o risco opcional de leccionar turmas numerosas...
Tiago Brandão Rodrigues apelou no Parlamento ao consenso em torno da manutenção do ensino presencial, provavelmente assustado pela informação que recolheu no início deste ano letivo sobre o desastre do ensino a distância. Contra esta pandemia não há soluções...
Depois da turbulência que aconteceu no ano letivo passado, e depois do modo como, nessa altura, a escola perdeu o rasto a uma percentagem assustadora dos seus alunos (fala-se de 1/5 a 1/4), estamos de volta a um novo...
Decidir se as escolas fecham portas, ou se se mantêm abertas em regime presencial, não era linear. Num contexto de agravamento da pandemia, a complexidade dos múltiplos factores sociais e sanitários impede cenários ideais, pois todos os caminhos apresentam...
O confinamento que começa amanhã é, no essencial, igual ao de março. É impossível ter sido a favor daquele e contra este. O outro só se justificava pela impreparação de tudo, sobretudo do Serviço Nacional de Saúde, e o...
Quando um presidente da república, que até foi professor durante vários anos, trata assim toda uma classe é de facto para dizer: "Eu não esqueço!" https://youtu.be/er9houE-SwI
Dá ideia que as pessoas estão cansadas e já devem confundir os estudos. Os estudos que consultei sobre a covid-19 integram os seguintes escalões etários: 00-09; 10-19; 20-29, 30-39 e por aí fora. A propósito das escolas, ouvi há pouco o PM...