Início Editorial A Fraude? – Listas Dos Docentes Candidatos Às Vagas Para Progressão Aos...

A Fraude? – Listas Dos Docentes Candidatos Às Vagas Para Progressão Aos 5.º/7.º Escalões

1443
0

 

Na passada semana foram publicadas as listas para os candidatos às vagas para progressão aos 5.° /7.° escalões,

‘Ora, sucede que, à semelhança do que ocorreu nos dois anos escolares anteriores, as listas agora publicadas continuam a não divulgar os elementos que, de acordo com o disposto nos n.ºs 1 e 2 do artigo 4.º da Portaria n.º 29/2018, de 23 de janeiro, determinam a ordenação relativa dos candidatos à obtenção de vaga nelas contidos.”

“Perante o exposto, a FENPROF dirigiu-se à Secretária de Estado da Educação, solicitando-lhe que diligencie no sentido daquelas listas provisórias serem urgentemente recolhidas e republicadas com a inclusão dos elementos em falta, data a partir da qual só então se deverá iniciar o prazo para apresentação de reclamações, as quais, de resto, só poderão efetuar-se de forma informada se aquelas correções forem concretizadas.”

Só que é claro que o ME prefere manter as listas com alguns dados ocultos para as tornar ainda mais injustas!

Já não basta o facto de mesmo reunindo todas as condições para a progressão termos de esperar por uma vaga, deitando por terra mais uma vez o mérito e estando sempre lançados à sorte do momento! As vagas variam consoante os anos!

A Fenprof e todos os outros sindicatos deveriam era apostar numa revisão séria sobre esta e outras reivindicações que não devem ser esquecidas.

Não queremos migalhas, 0,3% de aumento.

Não queremos favorzinhos , cerca de apenas dois anos recuperados.

Não queremos uma carreira onde a remuneração não acompanha os graus académicos e as formações, temos doutorados no ensino a ganharem 1500€…

Devemos ser ouvidos na mudança das políticas educativas

Diminuição de currículos

Das duas uma ou acabar com a farsa da inclusão e flexibilidade ou haver investimento para que de facto aconteça, como está é só uma brincadeira parva que exclui ainda mais os que precisam e dá mensagens erradas aos que trabalham!

O problema é que as intenções do governo sempre foram baixar o investimento!

Esqueçam a ideia de que as turmas serão menores, haja mais professores para dividir turmas em turnos, esqueçam qualquer investimento…

Estamos entregues a quem pouco entende…

Deixo um desafio, caros colegas e sindicatos, em setembro mandamos nós!

Não abrimos as escolas sem as condições estarem reunidas, condições essas que serão definidas por quem passa os dias nas escolas!

Será que conseguiremos?

Alberto Veronesi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.